O perigo dos bajuladores de plantão e a necessidade de dar ouvidos aos críticos

O bajulador, é aquele que adula com fim interesseiro.

Logo, o bajulador de um político, como é o Governador do Estado do Ceará, O Rei Sol, está agindo com algum interesse. Muitas vezes, esse interesse é apenas manter algum benefício próprio e não para uma coletividade.

É por isso, caros pensatoriantes, que os bajuladores do Rei Sol, também conhecido como O Príncipe, o Governador do Ceará, poderão ser aqueles que vão puxar a corda para enforcá-lo! Ou poderíamos dizer que darão nele o famoso abraço de afogado?!

Acontece, que o Rei Sol não suporta ser contrariado. Já ficou público e notório, que sua alteza real entende-se como a sapiência máxima em gestão pública e que tudo que ele faz é o que é certo. Alguém já parou para pensar se era realmente necessário nossa brava polícia usar carros de luxo como viaturas? Não teria sido melhor investir em treinamento e capacitação do que “torrar” alguns milhões de reais em Hilux!? Sem falar no Acquario…

Essa é apenas uma das inúmeras questões que assolam a mente de muitos cearense que estão vendo que o Rei Está Nú!!!!

Infelizmente, aqueles que estão ao lado do Rei Sol, não tem coragem de dizer: “Magestade, o senhor está nú!”

Desde domingo tenho visto em vários blogs e redes sociais, que o número de pessoas que tentam colocar a idéia de que o governo do Rei Sol é a última palavra em gestão pública e não possui falhas aumenta cada vez mais. Isso não é bom para ninguém! Muito menos para o próprio Rei Sol!

É necessário haver oposição, o contraditório. Por isso que incentivo os devotos da Santíssima Trindade e os seguidores do Prefeito Prometeu a virem ao Pensatório apresentar argumentos sólidos e bem construídos contra as nossas opniões aqui registradas! Mas não vem ninguém!!! É bom o debate de idéias! É salutar!!!

Penso que quanto menos o Rei Sol ouvir aqueles que são contra suas idéias e mais ouvir os bajuladores de plantão, mais e mais manifestações como a que ocorreu neste no Reino de Sobral das Maravilhas, no domingo histórico, 23 de outubro de 2011, haverão de acontecer em outras localidades do Estado do Ceará.Afinal de contas, já devem pensar por aí: “Se vaiaram este homem em sua principal curral eleitoral, imaginem o que pode acontecer por aí a fora!!!!”

É necessário que sua alteza real, o Rei Sol, deixe de ouvir aqueles que sempre concordam com ele. Quem sempre concorda poderá traí-lo na primeira oportudade quando perceber que ficar ao seu lado não mais lhe dá garantia.Os bajuladores são como ratos em um navio: os primeiros a fugir quando aquele começa a afundar!

Por isso, caro Rei Sol, tenha muito, mas muito cuidado com os bajuladores de plantão!!! Tenha cuidado não somente com suas palavras, como disse o professor no domingo da vaia! E ouça mais aqueles que lhe criticam, que apontam seus erros, que dizem o que não está certo em suas ações. Estes sim, são VERDADEIROS!

E o conselho vale não somente para o Rei Sol, mas para qualquer pessoa, mesmo que não seja político. Bajuladores não são boa gente! Elogios demais, somente são sinceros quando vindos de nossas mães, afinal de contas, para elas, sempre somos perfeitos!

Para complementar minha fala, eis um pequeno texto sobre O Bajulador. Se vocês fizerem uma pequena consulta ao Google sobre a palavra bajulador, ficarão impressionados como tem textos e mais textos sobre esse tipo de gente!

 

O Bajulador

O bajulador é aquela persona  comum em quase todos os lugares, que apesar de parcos talentos e qualidades morais, utiliza ardis  para manter-se sob o pálio de seus superiores hierárquicos. Estes,  seres que necessitam de objetos sem luz própria a fim de irradiarem de maneira mais ampla seu poder de ação.

O Bajulador  sempre estará ao redor do  patrão, em órbita elíptica,  pronto para servir cafezinho, rir de suas péssimas piadas, apoiar sempre suas críticas e idéias (por mais absurdas que sejam) e abanar rabo como um cachorro débil e servil.

Como é uma pessoa despicienda e seu trabalho é visivelmente infrutuoso , para salvar-se da incompetência, o bajulador  mantém uma relação de comensalismo, onde o excesso de vaidade e a falta de inteligência se compensam na falsidade de elogios.

Não possue idéias próprias, mas costuma apropriar-se das idéias alheias.

Como características de seu caráter podemos destacar a:  maledicência, mentira, inveja, egoismo, covardia…

Fautores do ditado popular” “O saco é o corrimão da vida”, por sua “fidelidade”,  não  raro são agraciados com aumentos de salários, cargos/funções de destaque ou promoções na carreira (Merecimento “Lambe-Botas”).

ISSO É BRASIL!!!


(Parte do texto é de autoria de Bianca Rosolem (www.paginadois.com.br)

(Trata-se de uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fato ou pessoa é mera coincidência)

Fonte: O Bajulador

Anúncios

Um pensamento sobre “O perigo dos bajuladores de plantão e a necessidade de dar ouvidos aos críticos

  1. Caboco Ignorante Demais disse:

    Na reunião da Câmara de Vereadores de terça-feira, alguns edis puxaram o cordão de lamentação pela vaia tomada pelo “príncipe” no domingo. Disseram que o governador não merecia passar por aquilo, porque é um homem cheio de virtudes, o próprio Deus. Mas quem foram esses bajuladores da terça-feira? Os mesmos que puxavam o saco dos Barretos e Prados quando os mesmos eram o poder em Sobral, e depois que eles perderam o poder, esses “bravos edis” passaram a denegrir a imagem dos Prados e Barretos como forma de agradar ao “príncipe”. E daqui a pouco quando esse reinado cair por terra, e que por aqui quem dará as cartas serão outros nomes, esses mesmos “atuantes vereadores” irão meter o pau no “príncipe” como única forma de agradar ao chefe do momento. Como vemos, a única coisa que esses vereadores de Sobral sabem fazer é puxar saco. Tem um que quando no então governo Lúcio Alcântara, Sobral não possuia IML, e o mesmo chamou o ex-governador de “mama na égua”. Logo depois o IML foi contruído e funcionamento em sua plenitude. Assim que o “príncipe” assumiu o governo do estado começou o trabalho de sucateamento, demitindo o então diretor e nomeando um primo. Depois de 2007, a qualidade dos serviços prestados pelo IML de Sobral foi só caindo, até chegar aos dias de hoje, que não possui nem mais um diretor., pois até o primo do “príncipe” não aguentou o descaso e pediu demissão, e muito menos médico legista de plantão, e esse vereador a foi tão “homem” em chamar o ex-governador Lúcio Alcântara de “mama na égua” nada fala contra a incompetência de seu chefe, o “príncipe”.

Expresse sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: